Acne

 

Também é conhecida como espinha. É uma afecção da pele comum nos adolescentes. Resulta do acúmulo de secreção das glândulas sebáceas, estimuladas pela produção de hormônios.

AcneO mecanismo de desenvolvimento da acne envolve outros fatores além do aumento da secreção sebácea, como obstrução do folículo pilossebáceo, atuação de bactérias e reação inflamatória local. É recomendável a lavagem cotidiana das áreas afetadas com água morna e sabonete. Em casos graves, o tratamento medicamentoso pode ser feito, mas sempre com indicação e acompanhamento médico devido à toxicidade do medicamento. O excesso de cosméticos, produtos oleosos e a automedicação são desaconselháveis. O tratamento precoce previne o prolongamento da doença e a formação de cicatrizes.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Variabilidade da frequência cardíaca pode determinar risco de morte nasepse

Trombose de veia porta após cateterismo venoso umbilical: revisão da epidemiologia, profilaxia, diagnóstico e tratamento

Raquitismo