Assaduras (dermatite de fraldas)

São causadas pelo calor e umidade da transpiração, da urina e das fezes, quando se usam fraldas, roupas de plásticos e tecidos impermeáveis por muito tempo, sem trocar.



No início, a assadura se manifesta por pele vermelha e quente, mas deixada sem cuidado podem aparecer pequenas bolhinhas de líquido (vesículas), que se rompem deixando a pele com feridas rasas, úmidas ou secas, e descamando. Deve-se procurar um médico sempre que as assaduras não melhorarem em até três dias, pois pode haver alguma infecção sobreposta, por exemplo, sapinho (causado pelo fungo Cândida).
A prevenção consiste na troca frequente das fraldas sujas ou molhadas (8 a 12 vezes por dia), uso de algodão umedecido com água morna para limpeza, banho com sabonetes suaves quando houver fezes (tomar cuidado com o uso de lenços umedecidos) e aplicação de cremes ou pomadas protetoras a cada troca (chamados "cremes de barreira"). A exposição ao sol e ao ar ajuda a tornar a pele mais resistente.

 

Veja também: higiene da criança.


 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Recomendações sobre sono seguro

Gastrite

Raquitismo