Bicho Geográfico

Também conhecido como larva migrans cutânea ou dermatite serpiginosa. É uma doença causada pela larva de parasitas de cães e gatos, que penetram na pele.



As larvas desses vermes são encontradas em locais em que cães e gatos defecam, por exemplo, praias, caixas de areia e solo úmido.

As larvas penetram a pele e se deslocam por baixo dela (entre a epiderme e a derme), formando uma lesão que coça muito. Geralmente a lesão inicia-se como uma bolinha vermelha, seguida pela formação de uma linha irregular e avermelhada. O contorno parece o de um mapa geográfico, razão de seu nome. As principais áreas acometidas são as áreas de contato com o solo como pés, mãos, nádegas e região genital.


A doença cura-se espontaneamente após semanas ou meses, porém, como é extremamente incômoda, deve ser tratada. O tratamento pode ser realizado por via oral ou com pomadas dermatológicas.


 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trombose de veia porta após cateterismo venoso umbilical: revisão da epidemiologia, profilaxia, diagnóstico e tratamento

Variabilidade da frequência cardíaca pode determinar risco de morte nasepse

Pesquisa investiga relação da disfunção do músculo subescapular após artroplastia