Controle da eliminação de fezes e de urina (controle dos esfíncteres)

A aquisição do controle das fezes e da urina (controle dos esfíncteres) relaciona-se não só com a maturação do sistema nervoso da criança, como também com o desenvolvimento de suas competências sociais.



Deve-se começar a ensinar a criança sobre o controle dos esfíncteres após os 18 meses, pois, em geral, antes disso ela não está pronta para tal aprendizado. Normalmente, a criança está pronta para iniciar o treinamento quando fala “xixi” e “cocô", sem se confundir.

O processo pode durar até o final do quarto ano de vida, sendo que, na maioria das vezes, ocorre primeiramente controle diurno da urina para depois haver o controle da eliminação de fezes e de urina noturna. Caso a criança complete cinco anos sem o controle esfincteriano, torna-se necessária avaliação multiprofissional mais detalhada.


Os pais devem ser bastante pacientes com seus filhos, evitando comparações ou repreensões e incentivando-os com elogios durante toda a aprendizagem. Algumas estratégias podem ser utilizadas para auxiliar na aquisição do controle da eliminação de fezes e urina, por exemplo: levar a criança ao banheiro a intervalos regulares (pelo menos uma vez antes de deitar, à noite), usar apoio para os pés ao sentar no vaso sanitário e diminuir a ingestão de líquido após as 18 horas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Variabilidade da frequência cardíaca pode determinar risco de morte nasepse

Trombose de veia porta após cateterismo venoso umbilical: revisão da epidemiologia, profilaxia, diagnóstico e tratamento

Raquitismo