Escarlatina

É uma doença exantemática (o nome vem de “escarlate”, vermelho), comum em crianças maiores que três anos e adolescentes, causada pela toxina produzida por uma bactéria chamada estreptococo beta-hemolítico.



A transmissão da doença ocorre por gotículas de saliva de pessoas que apresentam essa bactéria no nariz ou garganta. Após o contato com a bactéria, a doença demora cerca de três dias para se manifestar. Nas primeiras 24 a 48 horas a criança pode apresentar febre alta, calafrios, dor de cabeça, dor de garganta, mal-estar e falta de apetite. Depois disso, aparecem manchas avermelhadas de aspecto áspero (como lixa) primeiramente nas axilas, virilhas e pescoço e, posteriormente em todo o corpo. Geralmente não há erupção em volta da boca (boca de palhaço). Essas manchas algumas vezes podem apresentar coceira. A criança transmite a bactéria desde o início dos sintomas até o desaparecimento da febre, por isso deve ser afastada da creche ou escola nesse período. Não há vacina para escarlatina e para o tratamento é necessário o uso de antibióticos. Portanto, na suspeita da doença deve-se sempre consultar um médico.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Variabilidade da frequência cardíaca pode determinar risco de morte nasepse

Trombose de veia porta após cateterismo venoso umbilical: revisão da epidemiologia, profilaxia, diagnóstico e tratamento

Raquitismo