Sarampo

O sarampo é uma doença exantemática, quase erradicada no Brasil, ou seja, existe apenas um número muito pequeno de casos em todo o país.

É causada por um vírus chamado Paramoxivírus e transmitida através de gotas microscópicas de secreções respiratórias expelidas pelo doente.
Após o contágio com o doente, as manifestações aparecem em cerca de oito a 12 dias. A criança inicia um quadro de febre, nariz entupido e com secreção, tosse, conjuntivite que dura cerca de três a cinco dias. Essa fase se parece muito com uma gripe. Depois disso, aparecem manchas avermelhadas na boca e exantema que se inicia atrás da orelha e se espalha pelo rosto, pescoço e por todo o corpo, em até três dias. Nesse período pode haver aumento da febre, que deve regredir até três dias após o aparecimento das manchas. Febre depois do quinto dia do início da erupção significa complicação (pneumonia, infecção da garganta ou infecção do ouvido).
A criança deve ser afastada da creche ou escola, do início dos sintomas até quatro dias após o aparecimento do exantema, pois está transmitindo o vírus.

O tratamento consiste principalmente em antitérmicos para abaixar a febre, mas o médico deve ser procurado para fazer o diagnóstico e orientar o tratamento. A prevenção da doença é feita através da vacina triviral, aplicada aos nove e 15 meses e um reforço na adolescência. Após contato com um doente, todas as crianças não vacinadas ou com esquema vacinal incompleto devem ser vacinadas imediatamente. A doença é de notificação obrigatória às autoridades sanitárias.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Raquitismo

Variabilidade da frequência cardíaca pode determinar risco de morte nasepse

Recomendações sobre sono seguro