Vômitos

É a expulsão do conteúdo do estômago através da boca, de maneira forçada, após contrações da musculatura abdominal. O conteúdo eliminado pode ser composto por alimentos não digeridos, já digeridos ou por secreções do organismo que são importantes no processo de digestão (saliva, suco gástrico, bile).As causas possíveis são diversas, como labirintite, intoxicações, obstruções intestinais, enxaqueca, gravidez, enjôo aos movimentos (chamado cinetose), pressão intracraniana elevada, entre outras.

O vômito que ocorre de maneira violenta, no qual o fluxo é lançado a uma grande distância da boca, chamado de vômito em jato, é preocupante e o médico deve ser procurado imediatamente. Outras formas preocupantes de vômitos são quando esses estão associados à febre e quando apresentam-se amarelo-esverdeados (vômitos biliosos). A sensação que pode preceder o vômito é denominada náusea. Em casos graves, pode ocorrer desidratação, devido à grande perda de líquidos, sendo necessária a administração de soro. Alguns medicamentos, denominados antieméticos, podem ser administrados para suprimir a náusea e o vômito.

Deve-se diferenciar o vômito da regurgitação, muito comum em bebês.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Variabilidade da frequência cardíaca pode determinar risco de morte nasepse

Trombose de veia porta após cateterismo venoso umbilical: revisão da epidemiologia, profilaxia, diagnóstico e tratamento

Raquitismo