Cresce a criminalidade entre adolescentes em Minas

Pesquisa coordenada pelo cientista social Marco Antônio Couto Marino (pesquisador do ICA - Instituto da Criança e do Adolescente da PUC Minas) aponta que o número de assassinatos entre adolescentes de 10 a 14 anos cresceu 375,6% nos últimos 10 anos, segundo dados do Ministério da Saúde e da Justiça. Enquanto em 1999 foram registradas 12 mortes nessa faixa etária, em 2009 foram contabilizadas 50 mortes por causas violentas. O cientista social aponta fatores causais múltiplos para os índices, dentre os quais destacam o acesso precoce à armas, a violência doméstica e o tráfico de drogas.

No ranking geral de violência entre todas as idades, Minas Gerais ocupa a 23ª posição entre os estados brasileiros, com 3.201 homicídios registrados em 2010. Em contrapartida, foi o 4º estado em crescimento nos índices de homicídios de 10 a 14 anos, ficando atrás de Bahia, Maranhão e Pará, respectivamente. Com isto, os índices de homicídio subiram de 2% em 1999 para 8,8% em 2009, um aumento de 340%.

O sociólogo do Núcleo de Estudos da USP, Diego Vincentin, ressalta que pela primeira vez os índices na faixa etária de 10 a 14 anos avançaram mais que as ocorrências de 15 a 19 anos: 32% no primeiro grupo contra 18,5% no segundo. De acordo com o sociólogo, a única maneira de diminuir esses índices é a elaboração de políticas públicas efetivas.

Confira na íntegra a reportagem!

 

 

 

 

Fonte: Jornal O Tempo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Variabilidade da frequência cardíaca pode determinar risco de morte nasepse

Trombose de veia porta após cateterismo venoso umbilical: revisão da epidemiologia, profilaxia, diagnóstico e tratamento

Raquitismo