Encoprese

É a eliminação de fezes, voluntária ou não e sem causa aparente, na roupa ou em local não apropriado por crianças que já adquiriram o controle da evacuação ou por crianças maiores de quatro anos.



O diagnóstico é feito quando a condição ocorre com a frequência de, pelo menos, uma vez por mês, por mais de três meses.


É importante que a encoprese seja diferenciada de causas orgânicas de perda fecal, ou seja, de doenças ou alterações da evacuação que possam ser as responsáveis pelo quadro. Por isso, deve-se sempre realizar investigação dessas doenças e seu tratamento, quando necessário. Quando nenhuma causa orgânica é encontrada, tratamento psicológico pode ser benéfico para o alívio da condição.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Variabilidade da frequência cardíaca pode determinar risco de morte nasepse

Trombose de veia porta após cateterismo venoso umbilical: revisão da epidemiologia, profilaxia, diagnóstico e tratamento

Raquitismo