A constipação intestinal crônica funcional sob a perspectiva materna

Para melhorar a eficácia e a resposta ao tratamento das doenças gastrintestinais funcionais, o profissional de saúde deve buscar o entendimento das questões relativas à subjetividade do paciente, suas relações familiares e sociais. Este artigo enfatiza que o diálogo entre os pais, escola e crianças ou adolescentes com constipação aumenta a chance de resposta ao tratamento e redução dos impactos biopsicossociais da doença.

download

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trombose de veia porta após cateterismo venoso umbilical: revisão da epidemiologia, profilaxia, diagnóstico e tratamento

Variabilidade da frequência cardíaca pode determinar risco de morte nasepse

Raquitismo