Fimose

É o excesso de pele que recobre o pênis e impede a exposição adequada de sua extremidade – a glande. A simples existência de excesso de pele sem dificultar a exposição da glande não tem significado clínico, ou seja, se a pele – prepúcio – puder ser retraída normalmente, não há com o que se preocupar.

A impossibilidade de realizar higienização adequada da glande pode levar à irritação. A higiene adequada do prepúcio é feita expondo a glande com cuidado, lavando com água e sabão e enxugando com toalha macia, para evitar lesões que, ao cicatrizarem, podem diminuir ainda mais sua abertura. Além disso, numa tentativa forçada dessa exposição, a glande pode prender o prepúcio, condição chamada de parafimose e que exige intervenção cirúrgica.

A maioria dos casos de fimose não exige tratamento na infância, pois tendem a se resolver sem intervenções, mas em alguns casos pomadas à base de corticoides podem ser usadas. A cirurgia só é indicada na adolescência, caso ainda não seja possível expor a glande completamente.
Veja também: higiene da criança.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Variabilidade da frequência cardíaca pode determinar risco de morte nasepse

Trombose de veia porta após cateterismo venoso umbilical: revisão da epidemiologia, profilaxia, diagnóstico e tratamento

Raquitismo