Pessoas sonâmbulas requerem cuidados dentro de casa

Saúde com Ciência explica o que é o sonambulismo e aponta cuidados para evitar acidentes


saudecomcienciaImagine acordar de madrugada, andar pela casa sem dar sinais de que está fazendo isso de forma consciente e, sem nenhuma interferência, voltar a dormir e não se lembrar de nada no dia seguinte. Assim ocorre a maioria dos casos de sonambulismo, como explica o professor do Departamento de Saúde Mental da Faculdade de Medicina da UFMG, Maurício Viotti. “O sonâmbulo levanta, da uma voltinha e dorme de novo. No sonambulismo usual, a grande maioria dos casos não traz consequências pra qualidade do sono,” avalia.

No entanto, esses passeios noturnos podem ser perigosos, já que acidentes que envolvem quedas de escadas e cortes com objetos pontiagudos podem acontecer. Por isso, uma maneira de fazer com que o sonâmbulo fique imune a esses acidentes domésticos é tomando algumas atitudes simples. “Não deixar nada cortante, pontiagudo, que por acidente possa ferir a pessoa. Evitar uma janela aberta em que a pessoa possa eventualmente cair, trancar as portas,” exemplifica Maurício Viotti.

[caption id="attachment_41338" align="alignleft" width="300"]sleepwalking Foto: reprodução internet.[/caption]

O professor do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina da UFMG, Rogério Beato, relata que esses episódios podem ser perigosos, porque as pessoas podem até mesmo sair de casa. “Existe um relato de uma criança que saiu na neve e morreu de frio, isso porque a porta estava aberta. Então, nesses casos se recomenda trancar bem a casa e até mesmo o quarto da criança para que ela se exponha pouco,” avalia.

Ainda de acordo com Rogério Beato, estima-se que 15% a 40% de crianças entre 5 e 12 anos de idade tenham tido, pelo menos, um caso do distúrbio do sono. O professor explica que essa faixa etária tem mais chance de apresentar o episódio porque a criança que tem o sonambulismo tem uma falha no processo que regula o cérebro. "Esses mecanismos, tanto para o despertar, quanto pra manter a pessoa dormindo, estão alterados. Isso justamente porque não houve uma maturação cerebral ainda,” explica.

Tema da semana:

A parassonia é um distúrbio caracterizado por movimentos anormais durante o sono. E um dos distúrbios mais conhecido é o sonambulismo, em que pessoas acordam durante a madrugada e realizam atividades rotineiras, como comer, urinar, caminhar e não se lembram de nada no dia seguinte. Nesta semana, o Saúde com Ciência explica o que é o sonambulismo, os tipos de tratamento e prevenção, além de responder dúvidas frequentes sobre o distúrbio.

Confira a programação:

O que é o sonambulismo? - Segunda-feira (11/08/2014)

Causas e prevalências - Terça-feira (12/08/2014)

Episódios de sonambulismo - Quarta-feira (13/08/2014)

Tratamentos - Quinta-feira (14/08/2014)

Mitos e verdades - Sexta-feira (15/08/2014)

Sobre o programa de rádio

O Saúde com Ciência é produzido pela Assessoria de Comunicação Social da Faculdade de Medicina da UFMG e tem a proposta de informar e tirar dúvidas da população sobre temas da saúde. De segunda a sexta-feira, às 5h, 8h e 18h, ouça o programa na rádio UFMG Educativa, 104,5 FM. Ele ainda é veiculado em 52 emissoras de rádio de Minas Gerais, Paraná e Estados Unidos. Também é possível conferir as edições pelo site do Saúde com Ciência.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Variabilidade da frequência cardíaca pode determinar risco de morte nasepse

Trombose de veia porta após cateterismo venoso umbilical: revisão da epidemiologia, profilaxia, diagnóstico e tratamento

Raquitismo