Sinais de alerta em pediatria

São sinais identificados na avaliação da criança que auxiliam no reconhecimento de situações de urgência e emergência pediátrica. A criança, muitas vezes, não consegue manifestar ou descrever o que está sentindo e a identificação dos sinais de alerta torna-se fundamental. Alguns sinais que devem ser valorizados são:

  • Pele acinzentada, pálida ou arroxeada;

  • Consciência alterada, confusão mental;

  • Criança muito sonolenta (dormindo mais que o habitual) ou irritada;

  • Prostração;

  • Criança que não reconhece os pais;

  • Extremidades frias e arroxeadas;

  • Febre alta;

  • Diminuição da quantidade de urina;

  • Respiração rápida ou muito lenta para a idade;

  • Presença de esforço para respirar ou cansaço;

  • Frequência cardíaca aumentada ou diminuída para a idade;

  • Dor de cabeça com uma ou mais das seguintes características: intensa, de início súbito; aumento na frequência e intensidade da dor; que não passa com analgésico comum; que tem recorrência matinal; ou que desperta a criança;

  • Vômitos biliosos, em jato ou persistentes;

  • Diarreias persistentes;

  • Dor abdominal intensa e continua.


Na presença de algum destes sinais, a criança deve ser levada imediatamente para uma avaliação clínica.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Recomendações sobre sono seguro

Gastrite

Raquitismo