Piolho (Pediculose do couro cabeludo)

É um parasita (Pediculus humanus capitis) do couro cabeludo que provoca muita coceira. Seus ovos são conhecidos como lêndeas. O piolho se alimenta de sangue, resíduos de pele e secreção sebácea. A transmissão do parasita se dá por meio do contato direto com os cabelos de pessoas com o piolho, mas pode haver transmissão por meio de objetos contaminados, como pentes e escovas. Na escola, onde há aglomeração de crianças, o contágio pode ser muito frequente e repetitivo. Além dos piolhos e das lêndeas, podem ser visualizadas lesões por coçadura no couro cabeludo e pequenas elevações avermelhadas na nuca (local de picada do piolho). O tratamento pode ser realizado pela aplicação de loções e xampus medicamentosos no cabelo ou medicação oral. Entretanto, há vários tratamentos caseiros, entre eles a catação, retirada de lêndeas com o uso de pente fino, uso de secador de cabelos e vinagre, o qual facilita a remoção das lêndeas.

Ver também: bicho geográfico, sarna.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Recomendações sobre sono seguro

Gastrite

Raquitismo