SETEMBRO DOURADO: um alerta sobre o câncer infantojuvenil

Nesse mês ocorre a campanha “Setembro Dourado”, que alerta para a luta contra o câncer infantojuvenil. Cada família que recebe esse diagnóstico vê o seu futuro ameaçado. Dourado é a cor da força, coragem e resiliência. Setembro é primavera no Brasil e as flores e cores nos remetem à esperança e promessas de dias melhores.

 

Por quê essa campanha é importante?

Sabe-se que o câncer é a principal causa de morte por doença entre 1 e 19 anos no mundo e também no Brasil. Entretanto, embora muitos estudos estejam acontecendo em todo o mundo, as causas do câncer nesta faixa etária são ainda obscuras, o que dificulta medidas preventivas. Dessa forma, o diagnóstico precoce é um dos principais aliados na redução da mortalidade e do comprometimento da qualidade de vida durante o tratamento. Sabe-se que quanto mais precoce o câncer é diagnosticado, maiores são as chances de cura.

A campanha Setembro Dourado em todo o mundo tem como objetivo principal alertar a população sobre os principais sinais e sintomas a serem reconhecidos para diagnosticar o câncer precocemente e também para a conscientização do que representa esse diagnóstico para uma família.

É muito importante a sensibilização das autoridades e da comunidade em geral sobre a necessidade de investimento em pesquisas sobre a doença e em suporte para essas crianças/ adolescentes e suas famílias.

Vale ressaltar que para alguns diagnósticos já é possível alcançar taxas de cura superiores a 80%.

 

Fique atento aos principais sinais e sintomas:

  • Febre persistente sem causa esclarecida

  • Perda de peso sem explicação

  • Sangramentos anormais

  • Mancha branca no olho

  • Caroços (ínguas) duros

  • Dor nos ossos sem explicação

  • Palidez incomum da pele


É importante que toda a criança seja acompanhada periodicamente por um pediatra. Caso observe alguns desses sinais/sintomas, procure um pediatra.

 

Para mais informações, acesse também:

www.setembrodourado.org.br
www.coniacc.org.br
www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/tiposdecancer/site/home/infantil

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Variabilidade da frequência cardíaca pode determinar risco de morte nasepse

Trombose de veia porta após cateterismo venoso umbilical: revisão da epidemiologia, profilaxia, diagnóstico e tratamento

Raquitismo